sexta-feira, 17 maio, 2024
InícioBrinquedosMonitor para brinquedos: Vantagens e desvantagens

Monitor para brinquedos: Vantagens e desvantagens

Monitor para brinquedos é um tema que divide opiniões entre locadores.

Os monitores tem a função de ajudar na montagem e desmontagem dos brinquedos, e principalmente cuidar para que o brinquedo alugado seja utilizado de forma correta durante o evento, garantindo a segurança das crianças e a integridade dos equipamentos.

Porém eles podem representar um custo adicional e nem sempre estão presentes de forma eficaz.

É comum que no inicio da jornada alguns locadores coloquem familiares na função de monitores.

Isso aumenta a sensação de segurança, porque no inicio é complicado deixar o investimento longe dos olhos do dono ou de quem se confia muito.

Eu mesmo no início cheguei a ficar de monitor quando tinha poucos equipamentos, pouca demanda.

Mas com o passar do tempo, com aumento da demanda isso não é mais possível e se torna fundamental ter uma equipe de monitores treinados para a função.

Mas a questão crucial que estamos colocando aqui é se realmente o monitor é tão importante assim, levando-se em conta o ponto de vista do locador.

O que coloco aqui é meu ponto de vista pessoal, baseado nos anos de experiência no ramo.

Pontos positivos do monitor para brinquedos

  • Segurança: os monitores são treinados para identificar e corrigir situações de risco, evitando acidentes.
  • Integridade dos equipamentos: os monitores podem ajudar a evitar danos aos brinquedos, causados por uso inadequado.
  • Melhor experiência para as crianças: os monitores podem auxiliar as crianças no uso dos brinquedos, garantindo que elas se divirtam com segurança.

Pontos negativos do monitor para brinquedos

  • Custo adicional: a contratação de um monitor representa um custo adicional.
  • Ineficácia: os monitores nem sempre estão presentes de forma eficaz, podendo se distrair ou não estar qualificados para a função.
  • Transferência de responsabilidade: a presença do monitor pode levar o contratante a se isentar da responsabilidade pelo uso dos brinquedos.

Minhas experiências pessoais

Durante os primeiros anos eu realmente não abria mão de colocar o monitor. Por acreditar que de certa forma estava colaborando para preservar o equipamento.

Algumas experiência negativas com monitores começaram a colocar em dúvida esse ponto de vista.

Não era raro chegar de surpresa no evento e ver o brinquedo com muito mais crianças que o recomendado. Ou o monitor no celular enquanto o brinquedo estava sendo utilizado de forma inadequada.

Obviamente estou falando de monitores que foram treinados e orientados sobre as regras.

Mas no meu caso a virada de chave veio durante a pandemia. Onde o contato entre as pessoas ficou extremamente restrito.

Neste cenário me vi obrigado a fazer as locações sem monitor. Geralmente eram locações por vários dias, em residência, então incialmente veio a preocupação sobre como o cliente iria cuidar do equipamento.

Como diz o ditado ” a necessidade é a mãe da invenção”.

Eu percebi que um bom contrato pode preservar muito mais o seu equipamento que um monitor freelancer.

contrato de locação

Imagem de pressfoto no Freepik

O ponto é que com o monitor o contratante meio que se isenta da responsabilidade, afinal ele está pagando para que alguém tome conta, então se acontecer algum problema ele não tem responsabilidade alguma.

Ao passo que sem o monitor a responsabilidade é explicita em contrato, então geralmente ele vai ter mais cuidados do que se o monitor estivesse presente.

Diante desta premissa eu passei a cobrar o valor do monitor a parte, fazendo com que o contratante tenha benefícios ao assumir a responsabilidade por contratar sem monitor.

Este benefício pode ser um valor reduzido ou um período maior de disponibilidade dos equipamentos.

Pela minha experiência funciona muito bem, além da vantagem logística que a situação traz, já que você não tem que controlar muito o horário que leva e retira o brinquedo, podendo muitas vezes negociar com o contratante uma entrega antecipada ou retirar mais tarde, até mesmo no dia seguinte.

Isso traz mais flexibilidade para a operação e acaba que você consegue atender mais clientes.

Conclusão

Decida sobre contratar ou não um monitor para brinquedos levando em conta os fatores específicos de cada evento.

Em eventos familiares, com poucas crianças, em ambiente controlado, a presença de um monitor pode não ser essencial.

No entanto, em grandes eventos, em espaços públicos ou escolas, a presença de um monitor é fundamental para garantir a segurança das crianças e a integridade dos equipamentos.

Inscreva-se para receber nossos artigos

* requerido
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular