terça-feira, 27 fevereiro, 2024
InícioDepoimentosTrabalhar com Locação: Minha Experiência e Lições Aprendidas no Ramo de Locação

Trabalhar com Locação: Minha Experiência e Lições Aprendidas no Ramo de Locação

Imagem de Drazen Zigic no Freepik

Em 2011, depois de mais de duas décadas em um emprego CLT, decidi seguir um novo caminho: trabalhar com locação de brinquedos.

Essa mudança trouxe desafios e aprendizados únicos, e o objetivo deste artigo é compartilhar minha experiência neste ramo, seja com colegas ou pessoas que estão pensando em atuar nesta área.

A Decisão e a Nova Rota no Mercado de Locação

Optei por entrar no mercado de locação após deixar a estabilidade do emprego CLT. Escolhi investir em um negócio próprio, e a locação de brinquedos mostrou-se uma alternativa acessível, demandando pouco conhecimento prévio e um investimento inicial modesto.

Desde então tenho me dedicado exclusivamente à minha empresa, a Superfesta Campinas.

A Transição e as Descobertas ao Trabalhar com Locação

Minha jornada exclusiva no mercado de locação de brinquedos, som, iluminação, telões projetores e nos últimos anos também com recreação infantil, tem sido uma descoberta contínua.

Como sou administrador, tive a oportunidade de analisar o mercado, a concorrência, a necessidade de investimento e potencial do negócio, mesmo assim surpresas aconteceram.

Os Desafios ao Trabalhar com Locação

desafios trabalhar com locação

Imagem de jigsawstocker no Freepik

A rotina de quem trabalha com locação é desafiadora. Demandas de eventos concentradas nos fins de semana e feriados, além da necessidade de espaço para manutenção dos equipamentos, são aspectos inerentes a essa atuação.

Outro fator que deve ser levado em conta é a sazonalidade. Nos primeiros meses do ano a demanda diminui muito e depois vai aumentando aos poucos, até o pico de demanda que é a semana do dia das crianças no mês de Outubro.

Então deve-se ter em conta que planejamento financeiro é fundamental para superar os meses de menor demanda.

Deve-se sempre levar em conta a responsabilidade gigantesca que é trabalhar com crianças e sonhos.

Existe a parte administrativa, comercial, com a qual eu já estava acostumado. Mas a execução da entrega do serviço de locação é um trabalho pesado, cansativo e essa talvez tenha sido a parte mais difícil no começo.

Como a maioria dos eventos ocorrem aos finais de semana e feriados, quem tem a locação de brinquedos como única fonte de receita tem que correr uma verdadeira maratona, realizando o maior numero possível de eventos, para garantir a rentabilidade do negócio.

Evidentemente isso requer muito planejamento, pois os eventos possuem hora marcada para começar e terminar, então atrasos não são tolerados.

Ficar até tarde da noite em eventos, ou torrando no sol da tarde, enquanto a família e amigos desfrutavam de churrasco e piscina fizeram e fazem parte da jornada até hoje.

Superando Obstáculos no Setor de Locação

Imagem de Freepik

No inicio é uma jornada solitária, porque você não tem recursos financeiros disponíveis para contratar pessoas para trabalhar com você, então é você com você mesmo, com sol, chuva, com sono, cansado, com fome, com sede.

Você descobre que precisa de equipamentos auxiliares como carrinhos de transporte, extensões, precisa entender um pouco de instalação elétrica, precisa aprender a montar e desmontar os brinquedos adequadamente e normalmente se aprende fazendo.

A pandemia representou um dos maiores desafios para quem trabalha com locação. Com o mercado praticamente paralisado por dois anos, a capacidade de se adaptar e reinventar novas formas de prestar os serviços foi essencial para a sobrevivência.

Aprendizados e Crescimento Trabalhando com Locação

Com esforço contínuo, aprendi a gerir o negócio de locação com menos estresse, selecionando os melhores fornecedores, valorizando o próprio trabalho e não entrando na armadilha da briga por preços.

Encontrei estabilidade financeira ao trabalhar com locação, mas expandir o negócio de forma exponencial é um desafio, principalmente por conta dos investimentos em logística.

Conselhos para Novos no Ramo da Locação

Aos que hoje avaliam entrar nessa jornada, com 12 anos de experiência na área eu posso dizer que é uma jornada válida.

Pode-se ganhar a vida dignamente, sustentar uma família, colocar comida na mesa. Se tornar uma grande empresa e ficar rico já é outra história, pois na minha opinião é um setor difícil de escalar.

Mas para quem tem disposição para trabalhar e se adaptar a condições nem sempre favoráveis é sem dúvidas uma boa oportunidade.

Perspectivas Futuras ao Trabalhar com Locação

Atualmente estou com 51 anos e o cansaço físico começa a chegar, então é necessário buscar pessoas que possam te ajudar. Quanto vale a nossa saúde?

Por ser um setor onde trabalhamos com freelancers, é difícil encontrar pessoas realmente comprometidas, mas elas existem e nos ajudam muito. Qualidade tem seu preço.

Como em todo setor, os momentos de estafa, aborrecimentos e cansaço apareceram. Mas continuo no ramo por me proporcionar uma vida relativamente confortável, por já conhecer bem e estar estabelecido no mercado.

Conclusão

Espero que este relato, compartilhando minha jornada no ramo de trabalhar com locação, forneça insights e orientações para quem busca se aventurar nesse mercado. A locação é uma experiência enriquecedora, repleta de desafios e oportunidades de crescimento.

Nós próximos artigos vou compartilhar com mais detalhes minha experiência, explicando de forma mais detalhada o que funcionou melhor para mim, seja nas questões logísticas, equipamentos utilizados, divulgação e captação de clientes, precificação e gestão de recursos humanos.

Espero honestamente que tenha somado e até a próxima!

Inscreva-se para receber nossos artigos

* requerido
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Popular

Comentários Recentes